18 outubro 2007

Nota de falecimento


É com extremo pesar que o Diário da Cachaça comunica o falecimento do MoroCar, no último dia 16 de outubro.

MoroCar serviu de condução para vários lugares, já levou muita gente, ensinou todos a o amarem e cuidarem dele.

MoroCar não era só um carro, era quase uma entidade.

Se MoroCar falasse não iam faltar histórias.

Lamentamos o ocorrido e oferecemos a todos que usufruíram de seu conforto nossas condolências, bem como nossos mais estimados préstimos.

Epitáfio:
"Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi."

9 comentários:

zaca disse...

fui um dos ultimos a andar nessa grande historia de vida.
é triste mas ele se foi!

canudo disse...

é triste, vai fazer falta...
testemunho de um dos maiores, senão o maior co-piloto deste lendário veículo.

P.S.: moro, agora compra um carro que abra a janela direito! hahahahaha

Vechinho disse...

mas mas mas, o que houve?

Anônimo disse...

lendário.. fará falta
igual não há!

Benê disse...

Dizem que o banco do caroneiro nunca mais havia sido o mesmo desde que o Moranga havia depositado todo seu peso sobre o mesmo.

Descanse em paz.

boca disse...

Com certeza iremos superar. Assim como já superamos quando o ARUNO se foi..!

Obs. Nao foi retirado aquela placa
de banheiro masculino do console?
Aquilo deveria ser guardado como
patrimonio do DC.

Shalon

Vanderlei disse...

que carro é esse???
nao me lembro de já ter andado nele!!!

grilo disse...

o famoso adesivo do porta luvas... esse tem história, e eu a presenciei.
assim como tantas outras que fazem parte de nosso passado, o qual nos condena mas não seria por menos, morocar nos trouxe diversas alegrias nos seus tempos aureos, hoje são só lembranças.

descanse em paz.

Vem aí....

MoroCar Jr.
o pai era foda, o filho....

Carlos Eduardo disse...

Que DEUS o tenha guardado em um bom lugar.

Obs.: De preferência em algum MATUSA