03 abril 2008

As vantagens do feio

De acordo com o site da UOL, o jornalista argentino Gonzalo Otálora escreveu o livro 'Feo', algo como sua autobiografia.

Este poderia ser qualquer um de nós, dissertando sobre tais vantagens.

Pensamos em colocar aqui em nosso estimado blog a foto de alguém do Diário da Cachaça para ilustrar essa característica peculiar, porém iremos deixar na imaginação de cada um a figura do 'feio'.

Algumas dessas supostas vantagens ditas pelo jornalista são:

"Não somos enganados
Jamais uma viúva negra poderá nos dar o golpe. Nós feios temos um radar. Se alguma menina linda quiser ficar com um de nós e, em seguida, desejar ir para nossa casa, isso significa que algo está errado.

Ninguém nos acusa
Nenhuma pessoa irá nos acusar de assédio sexual no trabalho. Isso é certo devido a lógica das circunstâncias.

Ninguém duvida de nossas capacidades
As mulheres lindas são acusadas de saírem com os chefes para conseguirem escalar posições. Mas, se um feio "subir" na carreira, ninguém irá duvidar de sua capacidade para tal posto.

Livre de extorsão
Muitos homens acabam pobres depois de se envolverem em um relacionamento. Impossível que a mesma situação ocorra com um feio. Ninguém vai querer se "arriscar" tanto.

Somos incomparáveis
Não precisamos vencer o fantasma do corpo perfeito, pois ninguém irá se comparar conosco.

Amor honesto
Depois de superar a primeira impressão, as brincadeiras e tudo mais, se alguém ficar apaixonado por um feio, pode ter certeza que este é o amor mais honesto de todos."

Conseguiu lembrar de alguém que se encaixe nessas vantagens??

3 comentários:

Anônimo disse...

a da viuva negra lembrei do aruba..
a do amor perfeito do moranga
auhaHahAUhauhuhaauhUAH

famoso disse...

aruba tem chances de casar. só falta deixar de ser chato

Você sabe quem disse...

Um adendo: aruba nunca irá deixar de ser chato, motivo óbvio. Uma "mulher" só irá casar-se com aruba se ela estiver extremamente necessitada de um "macho" ou para pagar os pecados que cometeu durante sua vida de menina levada.

E o amor honesto, sincero.. Com certeza me vem a mente a figura de Guilherme Moranga, mas este é um caso mais delicado, Moranga merece alguém, ARUBA não!